quarta-feira, 2 de julho de 2014


Benedito Ruy Barbosa, autor da novela “Meu Pedacinho de Chão”, ficou furioso sobre o despacho que o Ministério da Justiça (MJ) publicou no Diário Oficial da União por conta da exibição de cenas de personagens da novela com apelo infantil.

De acordo com o novelista, a comissão do órgão que “verificou a exibição de conteúdos incompatíveis com a classificação autoatribuída pela emissora com consumo de drogas lícitas” deveria “prestar mais atenção na safadeza sem fim” da maioria dos políticos brasileiros.

“Fazer uma classificação em cima de ‘Meu Pedacinho de Chão’ é sinal de que essas pessoas não estão vendo nada além da nossa novela. No interior, via de regra, se toma um aperitivo antes do almoço ou do jantar. O consumo de álcool é abordado esporadicamente na novela e não é mostrado como algo bom. Pelo contrário. Eles precisavam prestar mais atenção na corrupção política que existe nesse país e na safadeza sem fim da maioria dos nossos políticos”, disparou Benedito ao site UOL.


O autor da atual trama das seis ainda não parou por aí. “Somos um país que rouba a merenda das escolas, onde as pessoas ainda morrem nas filas dos prontos-socorros, os hospitais não são terminados e o material hospitalar é estragado por conta do prazo de validade. Isso que tinha que merecer a atenção dessa comissão que resolveu implicar com o simples aperitivo dos caboclos. Isso é um mau sinal e mostra muito bem onde estamos vivendo atualmente”, argumentou ele.

O Ministério deverá monitorar a novela pelos próximos 15 dias para decidir se haverá ou não a reclassificação.

Escrita por Benedito Ruy Barbosa e dirigida por Luiz Fernando Carvalho, “Meu Pedacinho de Chão” é o remake de uma obra original de 1971.


        
Reações:

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube