quarta-feira, 21 de maio de 2014

Paralisação do transporte público ajuda o noticiário, que chega a 8 pontos de pico

Apresentado pelo jornalista José Luiz Datena, o jornalístico “Brasil Urgente” registrou boa audiência nesta terça-feira, 20 de maio. A atração, que costuma registrar entre 3 a 4 pontos, obteve média de 5.6, segundo dados preliminares, com 8 de pico e 11.4% de share. No mesmo período, a Globo liderou com 13.8, a Record fechou na vice-liderança com 7.1, o SBT apareceu em quarto lugar com apenas 4.8 e a TV Cultura ficou com a quinta posição, fechando com 2.2.

O bom índice se deve a cobertura do programa sobre a paralisação de motoristas e cobradores de ônibus. Ruas e avenidas importantes das zonas oeste, sul e do centro foram fechadas pelos manifestantes. Por conta da paralisação, o rodízio municipal de veículos foi suspenso. Às 19h, lentidão na capital paulista bateu o recorde do ano, com 261 km de vias congestionadas.


Na parte local, o noticiário fechou com 5.5 pontos. Em confronto, a Globo seguiu na liderança com 16.8, a Record registrou a vice-liderança isolada com 11.2, o SBT ficou em quarto com 5.0 e a TV Cultura conseguiu a quinta posição com 2.3.

O “Brasil Urgente” contou também com a participação do prefeito Fernando Haddad. Em entrevista, ele falou com o Datena sobre o andamento do transporte coletivo na capital paulista e alegou que trabalha em novas propostas para mais melhorias.

        
Reações:

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube