segunda-feira, 21 de abril de 2014

"Gugu me avisou que o domingo precisa de consistência", diz Rodrigo Faro

Posted by @chrmuller | segunda-feira, abril 21, 2014
Quase um ano no ar com "O Melhor do Brasil" aos domingos, Rodrigo Faro estreia no dia 27 de abril "Hora do Faro", com nova direção, novos quadros e feito especialmente para o domingo. Nesta quarta, o apresentador divulgou o seu novo programa para a imprensa e falou sobre o desafio de se tornar ainda mais competitivo na guerra de audiência.

"Quando fui para o domingo, o Gugu falou assim: 'Não é brincadeira. A responsabilidade aos domingos é grande. Você vai olhar de um lado e vai ver o Fausto Silva, do outro o Silvio Santos, a Eliana, o jogo de futebol.' Ele avisou que eu precisaria ter consistência. Não adianta ficar em primeiro lugar em um dia e achar que a guerra está ganha. No domingo que vem os concorrentes se armam contra você. É o dia mais importante da televisão. A gente está buscando uma consistência. Hoje, com 40 anos concorro com meus ídolos. Nem acredito que isso está acontecendo e talvez nunca acredite, porque assim não perco a consistência, o conteúdo", declarou. 

Quando foi desafiado pela Record a mudar o "Melhor do Brasil" para outro dia da semana, para substituir o "Programa do Gugu", Faro mostrou humildade e medo com a troca. "Vou começar do zero e levar 'O Melhor do Brasil' aos domingos. Fomos pegos de surpresa. Não vai ser fácil, mas vou trabalhar duro", comentou o apresentador em conversa com a imprensa. A tarefa não foi fácil, Faro perdeu audiência, foi derrotado diversas vezes pelo SBT ("Programa da Eliana") e viu sua rotina de gravação mudar.



Com três novos cenários, sendo um em Paulínia, interior de São Paulo, Rodrigo está gravando durante a semana em diferentes espaços e descarta uma atração ao vivo. "Me deixa ficar em casa de cueca, com a minha família", brincou ele. Faro afirma estar mais seguro agora, mas mantém a linha simplista. "Estou chegando agora, buscando meu espaço."

Uma das principais novidades para disputar audiência com a Eliana e com o Faustão, é a atração "Isso Eu Faço" com Antonia Fontenelle, MC Guimé, Corona, Pérola Faria, Micael Borges, Daniel Erthal, Nicola Siri e Camila Rodrigues. A cada semana, os famosos treinarão atividades diversas como circences, danças, números de mágicas e terão que mostrar suas habilidades no palco. O público escolherá o vencedor na final por meio de votação. O quadro deve ficar no ar por três meses. Sem eliminações, o vencedor com maior pontuação ganha um prêmio de R$ 10 mil.

Apesar da conta bancária gorda, MC Guimé afirma que aceitou o convite porque quer superar seus medos. "Sou um cara que gosta de desafios, até por conta de tudo que já passei na minha vida. Meu único medo é altura, mas acredito que não terá muitos desafios nesse sentido. Mas é isso, estou no fogo", disse o funkeiro.

Já a atriz Pérola Faria quer o primeiro lugar. "Sou uma pessoa competitiva e quero competir", disse ela, que terá que se dividir em grupo com os outros sete participantes.

No quadro "Topa Um Acordo", o público se fantasiará e aleatoriamente Faro escolherá  alguém para ser desafiado no palco. O candidato poderá ganhar viagem internacional, carro, dinheiro, eletrodoméstico, aparelho  eletrônico. Rodrigo afirma que será um jogo de desafio e não um assistencialismo.

"Acredito que o programa do Rodrigo será o que mais vai distribuir prêmios na TV ao domingo", opina o diretor Ignácio Coqueiro. Com quadros similares ao de outros programas já exibidos na televisão, como "Artista Completão", do Faustão ou "Topa Tudo por Dinheiro", de Silvio Santos. Faro reconhece a falta de originalidade. "São formatos que existem na televisão há anos e muita gente bebeu dessa fonte. Mas a Record comprou esses modelos e podemos usar a vontade".

O diretor endossa esse discurso. "O Silvio Santos vê esses programas lá fora e adapta do jeito dele no Brasil. A gente comprou os formatos", afirmou Ignácio.

O quadro "Dança Gatinho" continua. "É o meu banco da praça", afirmou Rodrigo, em referência ao programa "A Praça é Nossa", do SBT. 

Primeiro lugar

Ex-diretor do "Caldeirão do Huck", do "Criança Esperança" e de atrações da Angélica, Ignácio Coqueiro assumiu a direção da "Hora do Faro" e afirma que o objetivo é ser líder de audiência aos domingos.

"O desafio é conquistar a audiência. Sou um cara neurótico com o minuto a minuto do Ibope.. Tentaremos o primeiro lugar, mas se ficarmos em segundo fico feliz também."

Com três formatos estrangeiros adquiridos pela Record – "Isso Eu Faço", "Topa um Acordo?" e "Uma Chance para o Amor" – Ignácio aposta no carisma de Rodrigo Faro para atrair o público família.

"As pessoas têm vontade de ver o Rodrigo. O Fausto [Silva] não é um apresentador com tanto carisma, mas ele tem conteúdo por conta do elenco da Globo. Assim ele consegue equilibrar o domingo. Entretanto o público acha o Faro o apresentador mais carismático, mas com um conteúdo fraco, por conta das participações. O público procura histórias interessantes, que mostre a garra do brasileiro para vencer as dificuldades".

O diretor assume o caráter popularesco da atração.  "O programa do Faro é mega popular. Temos que focar na classe que assiste a Record. Queremos um programa com conteúdos interessantes, sem tristeza, apenas com emoção", afirmou ele. 
Televisão Uol
        
Reações:

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • RSS
  • Delicious
  • Digg
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Youtube